Walcyr Carrasco praticamente diretor de 'Amor à Vida'


Os capítulos entregues por Walcyr Carrasco à equipe de “Amor à Vida” trazem observações detalhadas. O autor recomenda, por exemplo, que seja usada figuração profissional, e não “pessoal do Projac”.

De acordo com a coluna de Patrícia Kogut, no jornal “O Globo”, tudo deve ser seguido à risca. Além disso, os atores da novela das nove têm medo de ganhar a antipatia do autor, por isso Walcyr Carrasco praticamento assumiu o cargo de diretor da novela, pela quantidade de observações e exigências nos scripts.

Dizem que quando as regras são descumpridas por atores do elenco, o personagem do artista pode ser morto ou ser xingado em cenas. Os rumos da história também podem sofrer sérias mudanças de acordo com o humor de Walcyr, também de acordo com a coluna.

Marina Ruy Barbosa, por exemplo, naquela longa polêmica sobre ficar careca ou não, foi uma das artistas que mais sofreu com o jeito do autor de “Amor à Vida”. A personagem da atriz morreu na trama e depois virou um fantasma. Tudo isso teria sido uma retaliação ao comportamento da garota.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();